Home / Notícias / ORIENTAÇÕES LITÚRGICAS PARA A SOLENIDADE DE SANTA MARIA MÃE DE DEUS

Notícias

ORIENTAÇÕES LITÚRGICAS PARA A SOLENIDADE DE SANTA MARIA MÃE DE DEUS


14/02/2017   11:40:21

FACEBOOK GOOGLE PLUS TWITTER

 

Caríssimos irmãos e leitores! Eis algumas orientações para as missas dos dias 31 de Dezembro e 01 de Janeiro, respectivamente:

- A Santa Mãe Igreja nos ensina, conforme o Missal Romano, que nas Solenidades, rezamo-las desde as I Vésperas, até o ofício do dia, concluindo com as II Vésperas. Nesse sentido, no dia 31 de Dezembro, rezaremos as I Vésperas da Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, que é uma missa preceitual, da qual não podemos deixar de participar. Portanto, neste dia, não rezamos "Missa de Ano Novo", tampouco, "Réveillon" e muito menos "Virada de Ano", já que não existem tais missas, e essas são comemorações do calendário civil e não do litúrgico-religioso! Também o que se diz "ação de graças" nós o fazemos em todas as Santas Missas;

- De igual modo, neste dia 31 de Dezembro, a partir das 15h a Igreja inicia os louvores à Mãe de Deus, com as I vésperas, como acima já dissemos. Contudo, cantos como "paz no coração", "é preciso saber viver", "recomeço de ano", entre outros cantos de Roberto Carlos e quaisquer músicos desta natureza não são permitidos pela Liturgia, já que não são sacros, e não condizem com a celebração litúrgica. Há cantos convenientes e de acordo com o mistério celebrado. Da mesma forma, não é lugar na Igreja e especialmente nesta missa "ir de branco, amarelo, vermelho" tendo em vista "iniciar o ano com sorte"! A Igreja não ensina isto!;

- No dia 01 de janeiro, dia da Santa Mãe de Deus, toda a Igreja reza o ofício próprio do dia, com orações e cantos específicos desta celebração, sendo uma obrigação para nós, católicos, participar da Santa Missa. A Solenidade da Santa Mãe de Deus é a mais importante das festas marianas, durante o ano litúrgico, e todos nós devemos reverenciar nossa Mãe, através do Sacrifício Incruento de Cristo, na Santa Missa. No entanto, infelizmente, muitos católicos esquecem este dia, trocando-o erroneamente pelo "ano novo". O Ano Novo, para os católicos é o litúrgico, que já foi iniciado no I Domingo do Advento. O que está a findar e iniciar é o ano civil, que por sua vez, podemos muito bem ir a Igreja, para bendizer e consagrá-lo a Deus, por intermédio de Nossa Senhora, participando da Celebração Eucarística.

Agradecemos a Deus e Nossa Senhora pelo ano civil que está a se encerrar, colocando sob suas proteções o novo ano civil; mas celebrando corretamente a Liturgia, sem a paganizarmos.

*Texto adaptado do Pe. Fernando Caldeira.